Tributária

Entidades empresariais protestam em São Paulo contra MP 232

Marli Moreira Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Representantes de mais de mil entidades empresariais e sindicais compareceram hoje ao ato público contra a Medida Provisória 232, que aumentou a base de cálculo da carga tributária dos prestadores de serviços. A base de cálculo da alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e do Imposto de Renda para as empresas prestadoras de serviços que optarem pelo sistema de lucro presumido passou de 32% para 40%. O ato público foi organizado pela Frente Brasileira contra a Medida Provisória 232.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado