Tributária

PFL obriga bancada no Congresso a votar contra MP que elevou IR

O PFL vai obrigar todos os seus deputados e senadores a votar contra a medida provisória 232, que corrige a tabela do Imposto de Renda Pessoa Física mas amplia a base de cálculo da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e do Imposto de Renda de 32% para 40% para os prestadores de serviços que optarem pelo pagamento calculado pelo lucro presumido.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado