Tributária

Secretário diz que o Governo atenuará efeitos da MP 232

O secretário-adjunto da Receita Federal, Ricardo Pinheiro, afirmou que o Governo buscará mecanismos que neutralizem o impacto da Medida Provisória 232/04 para os grandes empregadores. Mas esses mecanismos, de acordo com Pinheiro, manterão uma carga mais alta para empresas em que o trabalhador é o próprio dono.

A MP 232/04 reajusta em 10% as tabelas do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) mas aumenta a carga tributária para prestadores de serviços e produtores rurais.

O secretário-adjunto da Receita participou de reunião, nesta manhã, da Comissão de Finanças e de Tributação, onde analisou a arrecadação federal do mês de janeiro. Ele representou o secretário da Receita, Jorge Rachid.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado