Corporativa

Bolsa do Rio pode comercializar créditos de carbono no segundo semestre

Alana Gandra

Repórter da Agência Brasil

Rio - O projeto de constituição do Mercado Brasileiro de Redução de Emissões de Gases do Efeito Estufa (MBre), ou mercado de crédito de carbono, pode começar a operar na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro no segundo semestre do ano. A informação . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas