Tributária

Centro-Oeste não aceita ICMS proposto na reforma tributária

Brasília - Os três Estados da região Centro-Oeste (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul) e o Distrito Federal estão contra a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), nos termos da proposta de reforma tributária que está para ser votada pelo plenário da Câmara dos Deputados. Esses Estados alegam que, mesmo com as alterações no projeto da reforma aceitas pelo Ministério da Fazenda, ainda terão uma perda de R$ 2,5 bilhões com as mudanças no ICMS . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas