Tributária

Estados querem definir ICMS sobre cada produto na reforma tributária

ANA PAULA RIBEIROOs Estados e o governo tentam acertar os últimos detalhes da reforma tributária, parada no Congresso Nacional desde 2003. Os governos estaduais resistem em reduzir ao mínimo o imposto cobrado sobre os remédios, alegando perdas, e querem também ficar com o direito de definir a alíquota que irá incidir sobre cada produto.Segundo Albérico Machado Mascarenhas, secretário de Fazenda da Bahia, os Estados terão perdas de arrecadação se reduzirem a 7% a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas