Tributária

Receita intensificará operação na fronteira do Paraguai

São Paulo – A Receita Federal não só vai manter, como intensificará as operações de fiscalização na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçú (PR), na divisa entre Brasil e Paraguai. O objetivo é combater o ingresso de mercadorias falsificadas e contrabandeadas no Brasil. A garantia foi dada hoje pelo coordenador-geral de Administração Aduaneira da Secretaria da Receita Federal, Ronaldo Lázaro Medina.
Nos últimos dias, o governo paraguaio e de comerciantes daquele país têm se mostrado revoltados com a acentuada redução de visitantes brasileiros no país, os chamados "muambeiros", que transportam mercadorias falsificadas para o País. O governo do Paraguai exige contrapartidas do Brasil pela queda de arrecadação e ameaça, inclusive, retaliar comercialmente o País.
Segundo ele, o objetivo da Receita e da Polícia Federal é extinguir o tráfego de mercadorias falsificadas hoje contrabandeadas entre dois países pelos "muambeiros". "Esses são os principais responsáveis pelo abastecimento do mercado informal brasileiro. Vamos fechar essa torneira", indicou.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado