Tributária

Denise Nunes diz que empresas reduziram fruição do Fundopem

Um grupo de cinco empresas com Fundopem em vigor concordou em reduzir a fruição do benefício fiscal até o final do ano que vem. Uma delas reduziu já em fevereiro. Segundo o secretário de Desenvolvimento e Assuntos Internacionais, Luis Roberto Ponte, a iniciativa é ‘quase espontânea’, já que a negociação foi deflagrada pelo governo estadual em dezembro. Só que, como ressalta o secretário, elas poderiam negar, o que não fizeram. Também não chegam a abrir mão de nada: apenas postergam o uso do benefício, algumas com redução de até 50%. De qualquer forma, é um alívio, em um momento em que a demanda por incentivos cresce, para fazer frente a dificuldades conjunturais, como o câmbio, ou locais, caso das restrições ao aproveitamento de créditos de exportação. Hoje mesmo, quando visitar a Brasilplast, em São Paulo, Ponte receberá uma nova reivindicação: o setor plástico do Estado quer ser enquadrado no Programa RS Competitivo, que reduziu as alíquotas de ICMS das cadeias coureiro-calçadista, têxtil e moveleiro, de 17% para 14%.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado