Corporativa

SP – Contador quer ter mais tempo para orientar

Os contadores poderiam ser muito mais úteis aos empresários se não fossem obrigados a entregar tantos documentos ao poder público. É o que garantiu o presidente do Sindicato das Empresas Contábeis de São Paulo (Sescon-SP), Antonio Marangon, em entrevista exclusiva ao DCI, em comemoração ao Dia do Contador.
?O contador poderia utilizar este espaço que hoje fica preso para o preenchimento de papéis para o lado empreendedor?, disse.
Marangon, que foi um dos líderes do movimento que ajudou na derrubada da MP 232, garantiu também que a classe continuará lutando pela redução da carga tributária e dos prazos de entrega de documentos, o que lhes daria tempo para dar a atenção necessária para os seus clientes.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado