Tributária

Exportador terá mais incentivos fiscais

Karla Correia
BRASÍLIA – Os ministros do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, e da Fazenda, Antonio Palocci, acertaram ontem, em reunião extraordinária do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI), no Palácio do Planalto, os últimos detalhes do pacote de desoneração para empresas que destinam acima de 80% de sua produção ao mercado externo. A medida, que será anunciada em cerca de 10 dias, faz parte de uma estratégia para criação de plataformas de exportação e une os tradicionais rivais Furlan e Palocci, como revelou ontem o Informe Econômico.

A proposta a ser enviada ao Congresso deve incluir um mecanismo de isenção tributária para matérias-primas ou insumos utilizados na produção da mercadoria a ser exportada – o chamado drawback – para essas empresas. Outra medida debatida na reunião diz respeito à adoção de incentivos fiscais para a inovação tecnológica.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado