Tributária

Quatro mil prestadores de serviços na malha fina do Fisco paulistano

Márcia Rodrigues 
Quatro mil prestadores de serviços estão na mira do Fisco paulistano. A Secretaria Municipal de Finanças vai fiscalizar o recolhimento do Imposto sobre Serviços (ISS) desses contribuintes. A convocação, por carta, começou a ser feita nesta segunda-feira. Todos serão obrigados a comparecer às subinspetorias fiscais e apresentar os talões de notas fiscais, o livro fiscal (com o registro das notas fiscais emitidas) e os comprovantes de pagamento do tributo.

De acordo com o secretário-adjunto George Tormin, a Operação de Verificação de Livros (OVL) ? popularmente conhecida como Operação Malha Fina ? é uma fiscalização prevista em lei e faz parte da rotina do Fisco municipal para combater a sonegação e atualizar os dados cadastrais dos contribuintes. Em cada operação são utilizados critérios específicos para seleção do contribuinte que deverá prestar contas.

Neste ano, foram convocados os contribuintes que registraram uma queda no recolhimento de impostos no período de 2000 a 2002. Também foram selecionados os que deixaram de recolher tributos por três meses consecutivos ou quatro alternados. "Não dá para prever se muitos destes contribuintes apresentarão alguma incorreção com o cumprimento de suas obrigações fiscais. Mas com certeza vamos encontrar muitos problemas com a falta de recolhimento de impostos, já que uma empresa que está operando com sua total normalidade dificilmente vai interromper ou reduzir de forma brusca o pagamento de impostos", comenta.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado