Trab. Previdência

Valor a ser compensado do crédito trabalhista não se atualiza

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho decidiu, por maioria, que o valor do imóvel recebido pelo empregado como pagamento pela prestação de serviço não é monetariamente atualizado em futura compensação sobre o valor total da condenação do empregador. A decisão beneficia herdeiros de um administrador de fazendas da Bahia que teve reconhecido pela Justiça do Trabalho vínculo de emprego de mais de quatro décadas. As partes dessa disputa judicial são representadas atualmente pelos espólios do empregador e do empregado, que morreu em 1994 aos 83 anos.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado