Tributária

Incentivo do governo mantém empresas em Minas Gerais

Duas empresas sediadas em Minas, a Unocann Tubos e Conexões, em Contagem; e a DVG Indústria e Comércio de Plásticos, em Ribeirão das Neves, estão comemorando os lucros e a retomada do setor de tubos e conexões em PVC no mercado. Isso foi possível graças a um termo de compromisso assinado, em junho de 2004, entre o Governo de Minas e três empresas do setor, que concedeu um tratamento tributário flexível nas vendas realizadas no Estado.
As fábricas que estavam prestes a fechar suas portas no Estado devido à guerra fiscal, ou migrarem para outros pólos, agora comemoram os lucros e prometem crescer ainda mais. Segundo Décio Gomes, diretor da DVG Indústria e Comércio de Plásticos, a sensibilidade do governo e o intermédio do Instituto de Desenvolvimento Industrial de Minas Gerais (INDI), foram fundamentais para a retomada. "Foram gerados quase 100 empregos diretos, divididos em transformação, vendas e transporte. Além disso, o incentivo nos possibilitou ganhar as obras locais, pois passamos a ter preços competitivos e, com isso, outros empregos indiretos surgiram", comenta.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado