Tributária

Lá como cá

PRIMEIROS MESES DO ANO SERVEM PARA PAGAR IMPOSTOS
AIP defende combate à evasão fiscal
12 de Maio de 2005
O dinheiro que os portugueses recebem nos primeiros 133 dias do ano vai para o Estado, através dos impostos.
Os dados foram analisados num encontro promovido pela Associação Industrial Portuguesa (AIP), onde se concluiu que só a partir do dia 14 de Maio é que aquilo que recebemos é mesmo para as nossas despesas.
A principal conclusão retirada da análise é que os portugueses e as empresas pagam muito em impostos.
Segundo Rocha Matos, presidente da Associação Industrial Portuguesa, "as empresas, em termos relativos, pagam uma das taxas mais elevadas tendo em vista o nosso universo competitivo imediato. Temos que alterar essa situação, temos que contribuir para a competitividade fiscal".
A AIP diz que as despesas em impostos poderão aumentar, bastando para isso que o Estado mantenha os actuais custos no funcionamento público e nos gastos sociais.
Já em relação à proposta do Governo de reduzir, em média anual, 1% na despesa pública, Rocha Matos defende que é uma redução insuficiente.
Conforme adianta a Renascença, a AIP sugere que as verbas arrecadadas pelo Estado no combate à evasão fiscal devem servir para reduzir os impostos.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado