Tributária

Debate aponta que contribuinte não cobra serviços

O contribuinte brasileiro necessita desenvolver uma consciência mais cidadã, para cobrar um retorno dos tributos pagos. A opinião é da presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco Sindical), Maria Lúcia Fatorelli, que participou hoje à tarde do seminário "Transparência e Controle Social: um Diálogo entre Sociedade Civil, Tribunais de Contas e Ministério Público" realizado na Câmara.
Na opinião de Maria Lúcia, o modelo tributário brasileiro é altamente injusto. O brasileiro, lembrou, tem o direito de exigir do Estado o retorno em saúde, educação, segurança pública e investimentos para beneficiar a população e gerar empregos. "Todos os brasileiros pagam tributos. Até aquele mendigo que recebe esmola e compra um pão com leite está pagando impostos embutidos nos produtos", lembrou.
Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado