Trab. Previdência

Empregado e empregador só recorrem ao TST por meio de advogado

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão de segunda instância que negou seguimento a recurso de revista subscrito pelo próprio empregado. ?A natureza extraordinária desse recurso exige que seja interposto por advogado devidamente inscrito na OAB, a quem é reservada a atividade privativa da postulação em juízo, entre os quais o ato de recorrer, disse o relator, juiz convocado Luiz Antonio Lazarim. O recurso de revista foi subscrito por um ex-empregado do Município de Sapeaçu (BA), encarregado de serviços, que entrou com ação na . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas