Tributária

Goiás diz que DF não cumpre pacto que encerrou guerra fiscal

Eduardo Militão O governo de Goiás acusa o Distrito Federal de não cumprir o acordo que encerrou a guerra fiscal. Em 14 de julho, as duas unidades da federação deixaram de sobretaxar os produtos um do outro em 5% em média. A medida era feita por divergências sobre os incentivos fiscais concedidos ao setor atacadista do DF. Nesta terça-feira, o superintendente de Administração Tributária da Secretaria de Fazenda de Goiás (Sefaz-GO), Manoel Costa Filho, disse que o governo brasiliense descumpriu dois dos cinco itens do . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas