Trab. Previdência

DRT flagra cooperado que trabalha como empregado

FLÁVIA MANGINI Uma operação conjunta realizada ontem pela Delegacia Regional do Trabalho (DRT), o Ministério Público Federal e a Polícia Federal flagrou, 1.700 funcionários ?mascarados? como cooperados da empresa mas que trabalhavam como empregados contratados. Ou seja, com horário fixo e subordinados a outras pessoas. Foram visitadas pelos auditores fiscais e procuradores cinco empresas de diferentes ramos na Capital e em Guarulhos. No total, foram aplicados R$ 867 mil em multas ? R$ 510 por cooperado irregular. * Leia mais na edição impressa do DIÁRIO DE SÃO PAULO, nas bancas . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas