Tributária

Corregedoria da Sefaz Goiás avalia mercadoria apreendida

A Corregedoria Fiscal da Secretaria da Fazenda (COF) criou uma comissão para realizar um levantamento das mercadorias apreendidas sem nota fiscal que se encontram no depósito da Sefaz. De acordo com o chefe da COF, Alípio de Araújo Rocha Júnior, as mercadorias vão ser aproveitadas, leiloadas ou doadas a instituições filantrópicas. Alguns objetos, entre eles eletrodomésticos, tecidos, sucatas de computadores e até pedras preciosas, estão no local há mais de 15 anos. Outra medida tomada pela COF foi a criação de uma força-tarefa para colocar todos os . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas