Tributária

Fiemt entra com ação coletiva contra aumento da COFINS

A Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso - Fiemt irá ingressar na segunda-feira com uma Ação Coletiva na Justiça Federal de Mato Grosso destituindo as mais de 3 mil indústrias associadas à Instituição e sindicatos filiados de pagarem a alíquota de 7,6% da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - Cofins, que está prevista da Lei 10.833 de 2003. A Lei alterou o regime de cálculo e recolhimento da COFINS, instituindo a elevação na alíquota de 3% para 7,6%. Segundo o entendimento . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas