Artigos

Planejamento estratégico em auditoria para garantir a sobrevivência da empresa

Mauricio Rodrigues Cunha

Segundo a Norma Brasileira de Contabilidade, o planejamento da auditoria é a etapa do trabalho na qual o auditor independente estabelece a estratégia geral dos trabalhos a executar na entidade a ser auditada, elaborando-a a partir da contratação dos serviços, estabelecendo a natureza, a oportunidade e a extensão dos exames, de modo que possa desempenhar uma auditoria eficaz.
Comparativamente, expõe-se a definição de planejamento estratégico como sendo o conjunto de atividades necessárias para determinar as metas (visão) e os métodos (estratégia), bem como o desdobramento dos mesmos. É a arte gerencial de posicionar os meios disponíveis da empresa visando manter ou melhorar posições relativas a potenciais favoráveis a futuras ações táticas na guerra comercial. O planejamento estratégico visa garantir a sobrevivência da empresa.
O objetivo aqui é distinguir o papel relevante da auditoria diante da alta administração, colocando-se como auxiliadora durante todo o processo de planejamento estratégico empresarial, colaborando sempre com as metas e objetivos de modo geral com o empresariado até sua finalização.
Portanto, cabe ao administrador, ao traçar o planejamento estratégico de uma empresa, impor à auditoria uma participação importante, sendo vista como ferramenta alimentadora do processo de consecução das metas e objetivos traçados no plano estratégico.
Seja de forma direta ou indireta, o papel da auditoria é participar ativamente do sucesso empresarial, tornando-se imprescindível a partir das informações relevantes prestadas aos administradores, norteando suas ações estratégicas baseadas em informações de ordem contábil, financeira e até de pessoal.

Maurício Rodrigues Cunha – CRA/PR 13.692. trabalha no Departamento de Auditoria (Escritório Curitiba).

Print Friendly, PDF & Email

Comentário fechado