Trab. Previdência

COMBUSTÍVEL NÃO É SALÁRIO, DECIDE TRT

O fornecimento gratuito de combustível para o deslocamento de trabalhador até empresa para prestação dos serviços não é salário-utilidade. Por unanimidade, assim decidiu a 2ª Câmara do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - Campinas/SP. Ex-empregado do Condomínio Village Paineiras, o trabalhador ajuizou reclamação na Vara do Trabalho de Pindamonhangaba pedindo diferenças nas verbas rescisórias recebidas. Segundo alegou, a empresa pagou, durante todo o contrato de trabalho, seus gastos com combustível. Ao ser dispensado, constatou que o valor pago não integrou seu . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas