Tributária

Funcionário da Beta diz desconhecer fraude fiscal

O funcionário da empresa de transporte aéreo Beta Lauro Pasqualetto Júnior disse há pouco que desconhece qualquer tentativa da empresa de burlar o Fisco. A suspeita foi lançada pelo sub-relator de Contratos da CPMI dos Correios, deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP), que argumentou que a Beta burlaria o Fisco ao transportar cargas de Porto Alegre (RS) para Manaus (AM) e recolher ICMS em São Paulo, quando o imposto deveria ser pago na capital ga . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas