Trab. Previdência

Previdência publica primeiro edital de suspensão de benefícios

O Ministério da Previdência publica nessa quarta-feira (15) o primeiro edital de suspensão de benefícios em razão do Censo Previdenciário. São 80.898 benefícios de segurados convocados em outubro de 2005 e que não compareceram às agências bancárias para atualizarem seus dados cadastrais até 24 de fevereiro. Estes segurados só terão o pagamento de março, depositado nos cinco primeiros dias úteis de abril, liberado depois de fazerem o Censo na agência bancária em que recebem o benefício.
O pagamento será apenas bloqueado, sem qualquer prejuízo para os segurados que deixaram de fazer o Censo por falta de informação. Para o benefício ser reativado, basta o segurado fazer o Censo no banco e o pagamento será desbloqueado no prazo máximo de 13 dias.
Este prazo é necessário, pois, por contrato, os bancos têm 10 dias para repassar os dados ao INSS, que leva até três dias para comunicar aos bancos o desbloqueio. A Previdência pediu aos bancos para que dêem prioridade ao envio de informações de quem se recenseou fora do prazo, reduzindo o tempo para a liberação do pagamento. Em nenhum momento os segurados devem ir às agências da Previdência Social para fazer o Censo ou desbloquear o benefício. Todas as etapas do Censo são feitas nas agências bancárias.

Print Friendly, PDF & Email

Comentário fechado