Tributária

Em SP fraude em 20 mil declarações de IR

Levantamento preliminar da Operação Sansão, desencadeada dia 19 pela Receita Federal e Polícia Federal, em São Paulo, mostra que mais de 20 mil declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) foram fraudadas por quadrilhas especializadas em praticar golpes para engordar a restituição ou reduzir o valor do imposto a pagar. As autuações da Receita deverão atingir cerca R$ 100 milhões.

A operação, realizada em 41 escritórios da Grande São Paulo e em São José dos Campos, apreendeu computadores e cerca de 70 quilos em documentos, como recibos médicos assinados em branco, relação de estabelecimentos de ensino e clínicas médicas, inclusive de outros Estados.

Os valores eram alterados a partir da simulação de despesas médicas, que não há limite para deduções na declaração do IR. O golpe foi descoberto depois que a Receita fez o cruzamento de dados e informações disponíveis em seus sistemas. Eram fabricados gastos com médicos, clínicas, instituições de ensino e pensões alimentícias.

Os contribuintes envolvidos na fraude terão que pagar a diferença sonegada, corrigida em até 225%. Eles poderão ainda ser indiciados por sonegação de impostos pelo Ministério Público e Polícia Federal.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado