Corporativa

Audiência de conciliação acaba com sete anos de conflito

Em pouco mais de duas horas de negociações, os principais acionistas da Semenge Engenharia e Empreendimentos fecharam um acordo de compra e venda de participação acionária que pôs fim a sete anos de disputa judicial envolvendo a transferência de ativos da empresa. A audiência de conciliação foi feita nesta terça-feira (30/5) pela presidenta da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, ministra Nancy Andrighi.
Pelo acordo acertado, Sebastião Cantídio Drumond, detentor de 55% das ações da empresa, vai pagar R$ 88,5 milhões pela participação acionária de 44% pertencente a Jorge Getúlio Veiga Filho. No dia 28 de junho, às 11 horas, as partes se reúnem em nova audiência para fechar a forma e os prazos para o pagamento. O acordo também prevê a extinção de todas as demais ações envolvendo os dois grupos de acionistas.
A negociação intermediada pela ministra Nancy Andrighi começou tensa. A proposta inicial, de R$ 120 milhões, apresentada por Jorge Veiga, foi prontamente rejeitada por Sebastião Drumond. Reduzida para R$ 100 milhões, foi alvo de contraproposta de R$ 75 milhões, recusada por Jorge Veiga. Depois de muita negociação, a ministra propôs R$ 88,5 milhões como um valor conciliador e justo para as duas partes e, então, a proposta foi aceita. A disputa judicial se arrastava desde maio de 1999 e acumulava 22 volumes de processo.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado