Tributária

Teles tentam impedir anistia à Embratel

Embratel seria a maior beneficiada pela decisão por ser a única das grandes operadoras que ainda não recolheu tributo vencido ELVIRA LOBATODA SUCURSAL DO RIO Telefônica, Telemar e Brasil Telecom, as três maiores empresas de telefonia fixa local do país, tentam impedir que o Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) autorize uma anistia fiscal de cerca de R$ 800 milhões para a Embratel. Elas alegam que essa anistia vai desequilibrar a concorrência entre as teles.O Confaz (que reúne secretários estaduais da Fazenda) fará reunião . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas