Tributária

Além dos impostos embutidos nos preços dos produtos, o cidadão paga para morar, dirigir, possuir, trabalhar, produzir e empregar

Dos R$ 732,87 bilhões arrecadados em 2005, 70,1% foram de tributos federais, 25,6% estaduais e 4,1% municipais. Na comparação com 2004, os tributos federais, proporcionalmente ao PIB, foram os que mais aumentaram: 3,2%, seguidos dos estaduais, que subiram 3,1%, e dos municipais, que caíram 5,9%. No período 2002/2005, houve aumento real (descontando a inflação) de 11,72%.

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas