Artigos

Paquiderme tributário

Há uma profusão de siglas: IPI, ICMS, IPVA, IPTU, ITR, IRPJ, IRRF, IOF, ISS, Cofins, CSLL, Simples e CPMF, além dos encargos sociais (FGTS, INSS, PIS/Pasep). Este é o peso do paquiderme tributário nacional que faz o cidadão trabalhar de 1°. de janeiro a 25 de maio só para pagá-lo, pois comparado ao conjunto das riquezas geradas em todo o País (o PIB) consome, abocanha, absorve, sem uma contrapartida digna, respeitável, mais de 39% deste mesmo PIB, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário. O governo reconhece oficialmente que . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas