Tributária

Empresa nega que pagamento seja admissão de ilegalidade

Parte das dez empresas que tiveram suposto envolvimento com o caso de exportação fictícia de soja confirma que quitou seus débitos fiscais com a Fazenda paulista, mas não detalha valores envolvidos nesse pagamento.As empresas afirmaram ainda que o fato de terem pago os débitos de ICMS não significa que reconheceram ter cometido uma operação ilícita. Destacaram essa posição, por escrito, nas guias de recolhimento do imposto estadual.A Beraca Sabara (produtos químicos) informou, por meio de nota assinada pela diretoria, que "a empresa já estabeleceu . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas