Corporativa

Mesmo sem obrigatoriedade, firmas nacionais aderem à lei

Pesquisa da Adviser revela que mesmo empresas não auditadas pela SOX já fizeram adaptação. Em vigor há quatro anos, a lei americana Sarbanes-Oxley (conhecida como SOX) mudou o comportamento das empresas brasileiras, que começam a ver os benefícios e vantagens da norma. Esta é a posição das companhias que participaram de um estudo sobre qualidade em governança corporativa da empresa realizado pela Adviser companhia de auditoria, consultoria e contabilidade. A coordenadora de consultoria econômica da Adviser, Roberta Zara, conta que a pesquisa realizada com quatro multinacionais -SKF do Brasil Westlock Tyco Dinaço . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas