Trab. Previdência

Abono de férias deve ser pago com acréscimo de um terço

De acordo com o artigo 143 da CLT, o empregado poderá converter um terço do período de férias a que tem direito em abono no valor da remuneração que lhe seria devida pelos dias correspondentes. Este valor também deverá ser acrescido de um terço do valor normal do salário, como prevê o artigo 7°, inciso XVII, da Constituição. ?O abono pecuniário de férias deverá ser sempre apurado a partir desta base de cálculo?, frisou o juiz Márcio Ribeiro do Valle, que compõe a 8 . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas