Tributária

Prestadores de serviço na mira da Receita

A Receita Federal está travando uma queda-de-braço com os consultores que trabalham em programas do governo, mas são contratados por organismos internacionais como prestadores de serviço. Valendo-se das regras de imunidade tributária diplomática, esses profissionais alegam que não devem pagar Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). A Receita entende que o imposto é devido e vem multando pesadamente quem deixa de recolher o tributo. Nos últimos três anos, 777 pessoas foram multadas, num valor total de R$ 22,247 milhões.Segundo o secretário-adjunto . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas