Corporativa

Sarbanes-Oxley reduz ganhos das empresas

O custo elevado do enquadramento às exigências da Sarbanes-Oxley, lei societária norte-americana criada em 2002 para combater fraudes contábeis, está reduzindo tempo e recursos que as empresas usavam em estratégias de crescimento. A avaliação é de Joel Stern, sócio da consultoria americana Stern Stewart. Empresas brasileiras, como a VCP, gastaram mais de US$ 1 milhão para implantar . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas