Tributária

Bancos contestam a CSLL

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) anuncia hoje que decidiu questionar na Justiça o aumento da alíquota da CSLL dos bancos de 9% para 15%. A entidade alega que o setor financeiro não é o mais rentável, contrariando a justificativa dada pelo governo no início do ano para implementar a medida, que passa a valer a partir de maio. Os bancos ocupam a 14ª- posição no ranking dos setores mais rentáveis da economia, com 12,5% de retorno sobre o patrimônio líquido, aponta análise da Austin Rating que será apresentado hoje pela Febraban. O estudo reuniu dados de 148 bancos, entre públicos e privados, nacionais e estrangeiros, grandes e de pequeno e médio porte. Os grandes bancos do varejo têm rentabilidade acima da média. Bradesco, Itaú e Unibanco encerraram 2007 com retorno patrimonial de 26,4%, 29,3% e 29%, respectivamente.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado