Tributária

Governo estende por dez dias prazo para empresários pagarem impostos

Daniel Lima
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os empresários vão ter dez dias a mais para pagar impostos federais como forma de aliviar caixa diante da crise financeira internacional A medida foi anunciada no Palácio do Planalto pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, durante a 28ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).
A reivindicação de mudança dos prazos vinha sendo analisada desde que o ministro prometeu avaliar o assunto em encontro da Confederação Nacional da Indústria na semana passada.
Foram incluídos no estudo o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o Programa de Integração Social (PIS), a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), o Imposto de Renda retido na fonte e as contribuições previdenciárias.
O prazo pedido inicialmente pelos empresários era de 60 dias. "Inicialmente, você tem que pedir 90. Leva 10, leva 15, leva 20", disse Paulo Godoy, da Associação Brasileira das Indústrias de Base (Abdib).

Para ele, esta não é uma medida que se possa dizer que do dia para a noite vá resolver os problemas. "É uma soma de esforços, uma soma de medidas, que pode ir atenuando os efeitos".

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado