Tributária

Chinaglia admite deixar conclusão da reforma tributária para 2009

Em entrevista há pouco o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, admitiu que não será possível concluir neste ano a votação da reforma tributária, "mas dá para iniciar neste ano". Chinaglia acrescentou que vai tentar um acordo individual com os representantes da oposição e do governo para que na reunião de líderes possam definir a pauta. A reunião ainda não está marcada, mas deve ocorrer amanhã.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado