Tributária

Confira as principais notícias da imprensa sobre a arrecadação federal

O jornal O Estado de S.Paulo de hoje (9) destaca a possibilidade de o governo promover uma nova rodada de adiamento do recolhimento de tributos federais. No início do mês passado, o governo anunciou a ampliação em dez dias no prazo do recolhimento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do PIS/Cofins, que continuou a ser recolhido no mesmo mês. Os empresários queriam um adiamento de pelo menos 15 dias. Segundo o jornal, o governo ainda não decidiu se fará um novo adiamento, porém, a Receita Federal do Brasil é resistente a esse tipo de medida. Leia aqui a matéria completa.

Outra matéria, também do O Estado de S.Paulo, relata que a crise econômica começou a atingir a arrecadação, como indicam dados preliminares da RFB, ainda não divulgados. No mês passado, a arrecadação ficou, em termos brutos, cerca de R$ 3,5 bilhões abaixo do programado. O resultado representa queda de 6% em relação às metas da equipe econômica e não inclui a arrecadação com royalties, dividendos de estatais e receitas não administradas pela RFB.

A puxada de freio na arrecadação, de acordo com a publicação, é liderada pelo Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e pela Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), que refletem a lucratividade das empresas, e pela Contribuição de Financiamento da Seguridade Social (Cofins), relacionada ao faturamento e às vendas. O IRPJ, por exemplo, ficou R$ 2,6 bilhões abaixo do esperado por causa da queda no lucro dos setores atacadista, automobilístico e petrolífero, principalmente. Leia aqui a matéria sobre o assunto

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado