Tributária

Lote de restituição do Imposto de Renda é o maior em sete anos

O lote de restituição do Imposto de Renda que terá a consulta liberada na segunda-feira (9) é o maior em sete anos. Segundo a Receita Federal, o valor de R$ 1,967 bilhão é o maior desde julho de 2002, quando começou a série histórica disponível na página do órgão na internet.

Com a liberação do sexto lote, o total de contribuintes que receberam restituição da Receita Federal em 2009 supera o número de todo o ano passado. No acumulado deste ano, 7.518.869 pessoas físicas foram ressarcidas, contra 6.955.678 de janeiro a dezembro de 2008. A diferença é de 8,1%.

O valor desembolsado pela Receita aumentou em ritmo ainda maior. Em 2009, o governo pagou R$ 8,448 bilhões em ressarcimentos a pessoas físicas, 14,5% a mais que o total restituído em todo o ano passado. O levantamento já inclui o lote a ser liberado na próxima semana.

Se forem levadas em conta apenas as restituições do ano corrente, os pagamentos também estão maiores que em 2008. De acordo com a série histórica, R$ 7,47 bilhões foram liberados nos seis primeiros lotes da restituição de 2009, aumento de 9,85% na comparação com todo o ano de 2008.

O maior crescimento, no entanto, ocorreu nos pagamentos de lotes residuais, de contribuintes que ficaram retidos na malha fina e tiveram as declarações liberadas em anos posteriores. Neste ano, as restituições desses lotes somaram R$ 978 milhões, contra R$ 578 milhões de janeiro a dezembro de 2008. Em termos percentuais, a alta foi de 69,16%.

Comentário fechado