Tributária

Fraude do ICMS já recebe autuações

Os 185 supermercadistas gaúchos que fraudaram créditos do ICMS e os mais de 5 mil estabelecimentos que compraram mercadorias sem nota fiscal devem se preparar para acertar as contas com o fisco estadual, sob pena de responder processo criminal. A Receita Estadual iniciou a formação de banco de dados para os fraudadores gaúchos descobertos em outubro passado com o desmonte do esquema de cinco anos pela Fazenda catarinense, batizado de Operação Nota Referente Atzo. "Vamos preparar as autuações daqueles contribuintes que se creditaram o imposto, lesando o Estado. Depois, será a vez . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas