Tributária

Por falha de sistema, banco deixa de cobrar IR de fundo

Luciana MonteiroUm erro operacional trouxe algumas dores de cabeça para a gestora de recursos do Santander. A asset do banco deixou de recolher imposto de renda compulsório de um fundo multimercado em novembro. O chamado come-cotas consiste na antecipação de imposto cobrado dos fundos de renda fixa, DI e multimercados semestralmente, nos meses de maio e novembro. Mas houve um erro no sistema da gestora e o tributo não foi recolhido. Ao perceber a falha, a instituição corrigiu o problema e fez a cobrança na semana passada.Segundo Leandro Bren . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas