Tributária

Guerra fiscal entra em mais um round

Desde o dia 1 de fevereiro, empresas pertencentes a diversos segmentos econômicos deveriam estar pagando mais impostos aos governos dos estados em que estão instaladas. No final de janeiro, 151 benefícios fiscais concedidos por vários governos estaduais seriam considerados vencidos pelo Conselho Nacional de Políticas Fazendárias (Confaz). No entanto, a isenção fiscal ganhou novo fôlego com a decisão do Confaz, tomada no último mês, de prorrogar os benefícios para dezembro de 2012.Embora considerada uma extensão da guerra fiscal, a decisão dificilmente pode ser . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas