Trab. Previdência

Regra aumenta prazo para quitar FGTS

Carol Rocha
A Caixa Econômica Federal e o Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) definiram novas regras para a empresa que está com dívida com o fundo e, assim, pagar antes o que deve para o trabalhador.
Agora, o débito pode ser quitado em até 180 parcelas mensais, que terão valor mínimo de R$ 100, R$ 200 ou R$ 250, dependendo da quantia devida. Antes, o prazo para pagar esse tipo de dívida variava de 60 a 160 meses, dependendo do valor e da situação do saldo devedor.
Segundo a Caixa, os valores pagos para regularizar a dívida serão utilizados para quitar primeiro os recursos destinados aos trabalhadores. Só depois é que serão quitados os encargos devidos ao governo.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado