Corporativa

Auditores se livram de processo de fraude

David Glovin, Bloomberg, de Nova York
Auditores da KPMG e da Ernst & Young livraram-se de um processo por fraude movido por investidores da Tremont Group Holdings, que aplicaram dinheiro com Bernard Madoff, o administrador de investimentos que está na cadeia.

O juiz distrital de Manhattan Thomas Griesa desconsiderou uma queixa contra os auditores dos fundos da Tremont, movida por investidores da companhia. Ele disse que os investidores não conseguiram alegar fatos suficientes em sua queixa que mostrassem que os auditores tiveram a intenção de "enganar, manipular ou fraudar".

Os investidores tentaram responsabilizar os auditores por eles não terem detectado a enorme fraude cometida por Madoff, não os notificando sobre os riscos associados aos fundos gerenciados por Madoff e não se enquadrando nos padrões profissionais de auditoria que teriam revelado o esquema de pirâmide de Madoff.

"Os auditores nunca estiveram envolvidos na auditoria dos negócios de Madoff nem emitiram opiniões nas demonstrações financeiras" da firma de Madoff, escreveu Griesa, em uma opinião de 19 páginas.

O processo também cita a Tremont, administradora de fundos de hedge controlada pela Massachusetts Mutual Life Insurance. A decisão não envolve a Tremont.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado