Tributária

Órgão acirra fiscalizações

A Receita Federal também anunciou ontem algumas mudanças e investimentos neste ano para acirrar a fiscalização e combate ao contrabando de carga no Estado de São Paulo.
Os fiscais aduaneiros do Aeroporto de Viracopos em Campinas passarão a ter cães farejadores e treinados para auxiliar os trabalhos de fiscalização das mercadorias que entram no aeroporto, o que irá auxiliar principalmente o combate ao tráfico de drogas.
Viracopos é a principal porta de entrada de mercadorias importadas do País. Também terão cães farejadores o porto de Santos e um aeroporto de São Paulo. Até então, apenas Vitória, no Espírito Santo, possuía animais treinados, onde foi desenvolvido um projeto piloto.
A Receita também vai criar a Fera (Força Especial de Repressão Aduaneira), que visa executar apreensões nas estradas e estabelecimentos comerciais onde haja suspeita de contrabando. ?Temos centenas de veículos para repreender produtos importados, que estão sendo transportados ou até mesmo vendidos, mesmo que o estabelecimento não seja o importador. Isso vai permitir a prisão em flagrante?, disse Siqueira.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado