Tributária

Estado do Rio ganhará nova siderúrgica em até três anos

Por Marcelle Colbert
O Complexo do Superporto do Açu, importante polo industrial e logístico instalado em São João da Barra, no Norte Fluminense, ganhará em até três anos uma siderúrgica, com capacidade para fabricar cinco milhões de toneladas de aço por ano. O acordo firmado ontem (15/4) entre a empresa EBX e a estatal chinesa Wuhan Iron and Steel (Wisco) beneficiará todo o estado. Nesta sexta-feira (16/4), o empresário Eike Batista e o presidente do grupo asiático, Deng Qilin, se reuniram com o governador Sérgio Cabral para apresentar os detalhes da parceria.
O complexo contará com dez berços de atracação, sendo quatro para minério de ferro, dois para movimentação de petróleo, um para carvão e três para produtos siderúrgicos, escória, granito e ferro-gusa. O Superporto do Açu oferece condições favoráveis para a instalação e desenvolvimento de indústrias, incluindo plantas de siderurgia, termelétrica, gaseificação, indústria automotiva, polo metal-mecânico, tratamento de petróleo, armazenagem e logística. As empresas contam com os incentivos fiscais do Estado do Rio, através da lei do ICMS.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado