Tributária

Receita cria delegacia contra sonegação de grandes contribuintes

BRASÍLIA – A Receita Federal anunciou a criação de um órgão específico para controle e dedicação dos grandes contribuintes do país. A partir da próxima semana, entram em funcionamento a Delegacia de Maiores Contribuintes (Demac), com experiências-piloto em São Paulo e no Rio de Janeiro.
Em nota, o Fisco informou que cerca de 10 mil empresas são classificadas como"grandes contribuintes"por concentrarem 75% da arrecadação de tributos e impostos federais.
Exatamente por isso as grandes empresas recebem tratamento preferencial da Receita há cerca de 10 anos, com análise acurada de fusões, incorporações e transações entre empresas de mesmo grupo, principalmente de subsidiárias situadas no exterior. Mesmo com a fiscalização atenta, a cada ano, a Receita divulga tentativas de sonegação de bilhões de reais em tributos por empresas de diversos setores.
Por faturarem mais e terem acertos fiscais mais elevados, o subsecretário de Fiscalização da Receita, Vinicius Neder, informa que há empresas nesse grupo das grandes que, por vezes, buscam"sofisticados planejamentos tributários ilícitos, cujo intuito é pagar menos impostos."
Por essa razão, tais empresas serão os alvos das Demacs, que terão auditores especializados"no combate à elisão e à sonegação fiscais, ao crimes contra a ordem tributária e à lavagem de dinheiro", informou Neder.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado