Tributária

Fabricantes de tubaínas contestam decisão da Sicobe

Mais de 80 pequenos e médios fabricantes de refrigerantes de diversas regiões do Brasil se reuniram nesta terça, na Comissão de Finanças e Tributação, da Câmara dos Deputados, para discutir a decisão do Sistema de Controle de Bebidas (Sicobe) que instituiu a cobrança de R$ 0,03 por unidade de bebidas envasadas, independentemente do volume e do preço da embalagem. Esses comerciantes se sentem injustiçados, uma vez que essa situação faz com que as pequenas e médias fábricas de refrigerantes e águas tenham uma carga tributária muito superior à das grandes corporações, lideres de mercado.

O presidente da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil (Afrebras), Fernando Rodrigues de Bairros, disse que os fabricantes de refrigerantes participaram do encontro para demonstrar a indignação quanto à atual política tributária. Segundo ele, este problema se estende a mais de um ano, "quando o Ministério da Fazenda, que tem conhecimento dos impasses.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado