Tributária

Receita deve inaugurar delegacia para fiscalizar grandes contribuintes em Belo Horizonte

Daniel Lima
Repórter da Agência Brasil
Brasília – A Receita Federal espera inaugurar até o final do ano a Delegacia de Grandes Contribuintes Pessoas Físicas em Belo Horizonte. O novo órgão aguarda apenas a autorização de funcionamento do ministro da Fazenda, Guido Mantega, informou hoje (16) o secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo.
A nova delegacia será responsável por investigar pessoas, como os detentores do controle acionário de grandes grupos empresariais e aplicadores do mercado financeiro, que têm grande patrimônio.
O foco principal das delegacias de grandes contribuintes é identificar possíveis tentativas de usar “planejamentos tributários” irregulares para pagar menos tributos.
“Essa delegacia vai desenvolver essa expertise da Receita Federal em cima dos grande contribuintes ricos do país. Descobriu-se, por exemplo, que o planejamento tributário não se restringe às pessoas jurídicas, mas também aos grandes contribuintes pessoas físicas”, informou.
De acordo com Cartaxo, os planejamentos tributários eficientes, inclusive depois da internacionalização da economia e do funcionamento de sistemas informatizados cada vez mais modernos dos bancos, permitem grandes fluxos de recursos de um país para outro.
“É preciso investigar esses contribuintes e acompanhar a vida tributária deles”, disse.
Cartaxo, que fez um balanço de sua administração, disse que deixa uma herança benéfica e bendita para o seu sucessor, como os recordes de arrecadação. Segundo ele, por ser funcionário de carreira, Carlos Alberto Barreto, que assumirá a Receita no governo de Dilma Rousseff, terá chance de fazer uma excelente administração. “Acho que coloquei a Receita no rumo certo”, afirmou Cartaxo.

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado