Artigos

Imposto de Renda sobre receitas financeiras de sociedades cooperativas

Alessandro Feijó*

 

 

Apesar da imunidade constitucional garantida às cooperativas, cada vez mais se torna complexa a tributação incidente sobre suas atividades não cooperativadas, fazendo que estas demandem uma complexa estrutura administrativa-contábil para o controle de suas operações. Novidade recente é a Nota Cosit nº 33 de 2012, que enuncia a incidência de imposto de renda sobre as aplicações financeiras das sociedades cooperativas. Todavia, na contramão do entendimento já pacificado e sumulado pelo STJ, considera a tributação integral e exclusiva de suas receitas. A súmula . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas